(21) 2391-4746 [email protected]

Como analisar um Certificado de Calibração?

Instrumentos e equipamentos devem ter algum nivel de exatidão em suas medições, de acordo com as necessidades do processo que esta realizando.   Não há uma regra geral para estabelecermos o nível de controle e exatidão requerida para todos os instrumentos. Isso dependerá do tipo de uso e do impacto que estes erros de medição podem causar.

Mas, certamente, sem qualquer tipo de controle, as medições de um instrumento não podem ser consideradas confiáveis!   A calibração, simplificadamente, é a uma comparação dos valores de medições desses instrumentos a valores de medições de instrumentos considerados “padrões”. As informações dessa comparação estão no certificado de calibração!

Mas como analisar essas informações?  

Primeiro, é necessario definir o grau de exatidão, ou o erro tolerável, que aquele instrumento pode ter. São os “critérios de aceitação”, que devem ser definidos pelos usuários do instrumento. Esse critério de aceitação serve para decidir se um instrumento de medição está aprovado para o uso requerido, ou não. Se atende ou não atende aos requisitos de medição determinados pelo método em que ele é usado.  

Alguns dos fatores usados para definir os criterios de aceitação são:  

  • Erro máximo admissível pelo método.
  • Exatidão requerida pelo método.
  • Incerteza máxima aceita para as medições.
  • A análise do certificado de calibração, pelo usuário do instrumento, apresenta alguns pontos importantes:
  • Permite comparar os erros encontrados com os erros máximos tolerados, previamente definidos.
  • Orienta a tomada de decisão para liberar o instrumento para uso, enviar para ajuste, reparos, e nova calibração, restringir o seu uso a determinadas faixa ou, até, retirar o mesmo de uso.

  O usuário não deve utilizar um instrumento que não apresenta condições mínimas de operação, pois isto acarretará custos adicionais, retrabalho e, possivelmente, descrédito perante o consumidor, caso o produto ou serviço produzido apresente dados incorretos.   Além do conteúdo mínimo que os certificados devem apresentar, os responsáveis pela análise crítica dos certificados de calibração devem confirmar que os critérios de aceitação definidos foram atendidos pelo instrumento. Não cabe ao laboratório que realizou a calibração julgar a aplicabilidade do instrumento, ou seja, se este deve ou não sair de uso em função de estar fora de especificação ou se a incerteza declarada comprometerá a avaliação do processo de medição que o instrumento executa.  

Fonte: – Análise Crítica de Certificados de Calibração – Gestão de Sistemas de Medição.Rede Sibratec – Serviços Tecnológicos | Rede de Produtos para a Saúde. Apostila de Curso 2020.  

Garanta a conformidade, qualidade e redução de custos relacionados aos seus equipamentos!  

A GM Metrologia oferece os serviços de Calibração, Manutenção e Treinamentos necessários para possibilitar a confiança nas medições realizadas em seu laboratório!  

Nossos especialistas auxiliam você a interpretar o certificado de calibração com a avaliação específica para aplicação certa dos dados de medições no seu processo.